LOUVOR E ADORA플O
LOUVOR E ADORA플O

Louvor & Adoração

Louvor



É o mais profundo agradecimento a Deus pelas obras que Ele fez para o auxílio e prazer do homem.

Para que ocorra o louvor, é de fundamental importância que o homem esteja em comunhão com Deus por intermédio de:






Oração




Jejum




Consagração




Entrega

O Louvor poderá ser manifestado a Deus com Cânticos, Danças, Gestos, Poesias, Teatro, Palmas, Musica, Artes Plásticas... Enfim, toda forma do homem em expressar sua gratidão a Deus por suas Obras.

Poderemos encontrar na Bíblia os seguintes livros sobre Louvor.

Salmos de Davi

“Louvar-te-ei, Senhor, de todo o meu coração; cantarei todas às tuas maravilhas.” ( Sl.9.1)

Este versículo nos mostra que todo agradecimento revela reconhecimento do poder de Deus e de nossa pequinês.

“Ouve ó Deus o meu clamor, e atende a minha oração.” (Sl.61.1)

O salmo 61 nos mostra que poderemos usar nossas orações como ferramentas de Louvor; A oração é a parte contínua do agradecimento a Deus por suas obras.

“Bendize ó minha alma, ao Senhor, e tudo o que há em mim bendiga ao seu santo nome.” (Sl.103.1)

Neste salmo, Davi reconhece a misericórdia de Deus e a mais profunda necessidade da Entrega.

“Louvarei ao Senhor durante a minha vida; Cantarei louvores a Deus enquanto eu viver.” (Sl.146.2 )

Davi demonstra a grandeza a Deus sujeitando-se servi-Lo por toda sua vida.

“Aleluia! Cantai ao Senhor um novo cântico, e o Seu louvor na assembléia dos Santos.” ( Sl.149.1 )

O salmo referido nos mostra a necessidade do louvor em meio à igreja. Este Salmo é um convite a todos os membros da igreja, uma convocação ao louvor em cântico de Triunfo.

“Todo ser que respira, louve ao Senhor. Aleluia!” (Sl.150.6)

Davi convoca a todos da congregação a louvar ao Senhor, demonstrando a vontade de Deus para o homem desde o inicio da criação.

Deus fez o homem com o intuito deste reconhecer a grandeza de suas obras e O agradecer constantemente.

Os comportamentos dos justos levam os demais a perceberem a sua forma de louvar a Deus.

“Porque assim é à vontade de Deus, que, pela prática do bem, façais emudecer a ignorância dos insensatos, como livre que sois, não usando, todavia a liberdade por pretexto de malícia, mas vivendo como servos de Deus; tratai todos os homens com honra, amai aos irmãos, temei a Deus, honrai ao rei.” ( 1 Pe 2.15-17 )

Sacrifício de Louvor

“Por meio de Jesus, pois, ofereçamos a Deus, sempre, Sacrifícios de louvor, que é o fruto dos lábios que confessam o Seu nome. Não negligencieis igualmente a prática do bem e a mútua cooperação, pois com tais sacrifícios, Deus se compraz”. ( Hb.13.15-16 )

O exercício prático do louvor é...

“Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo” .

Adoração

Adorar – Amar excessivamente, de forma única.

É o mais profundo agradecimento a Deus por sua Vida.

Para que ocorra a adoração faz-se necessário à auto-análise de seu papel diante de Deus.

A Adoração ocorre em meio à...

Ø Cânticos, Danças, Gestos, Poesias, Teatro, Palmas, Música, Artes Plásticas...

Estas formas assim como o louvor ocorrerá mediante sua Entrega total.

Lembre-se...

Adorar é entregar-se nas mãos de Deus e Nele confiar.

Ao analisarmos melhor o livro de Isaías, ele nos revela que a adoração não se trata de uma “realização rotineira”, ela tem de ser verdadeira.

“O Senhor disse: Visto que este povo se aproxima de mim e com sua boca e com seus lábios me honra, mas seu coração está longe de mim e o seu temor para comigo, consiste apenas em mandamentos de homens que maquinalmente aprendem”. ( Is.29.13 )

Só no reconhecimento de nossas fraquezas é que buscaremos verdadeiramente a Deus ainda que sem máscaras, mas como realmente somos.

A Adoração a Deus é a prática do evangelho que Jesus revelou aos apóstolos e à humanidade.

Se Deus é a manifestação maior do amor, logo, a Ele só nos cabe adorar, ou seja, Amar excessivamente de forma única, jamais sentida por qualquer outro ser.

Adorar é...

Manifestar o amor contido em si por seu Pai.

Reconhecer a Sua grandeza e nossa pequinês.

Que Deus cresça e eu diminua cada vez mais e mais...

Adorar a Deus de todo coração, corpo, alma, entendimento e espírito.

“Rogo-vos, pois, irmãos, pela misericórdia de Deus que apresentei os vossos corpos por sacrifício –vivo, santo e agradável a Deus que é o vosso culto racional.” ( Rm.12.1 )

Devemos abrir mão de nossos desejos, nossos sonhos, nossos mais profundos anseios.

Adorar a Deus é reconhecer o sacrifício de Cristo pela expiação de nossos pecados.

“Pois estou bem certo de que nem a morte, nem a vida, nem anjos, nem principados, nem cousas do presente, nem do porvir, nem poderes, nem altura, nem profundidade, nem qualquer outra criatura poderá superar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus, Nosso Senhor. (Rm.8.38-39 )

Nada impede o homem de adorar a Deus, da mesma forma que nada nem ninguém pode mudar o amor de Deus pelo Homem.

Deus nos conhece antes mesmos de confessarmos nossa vida a Ele.

“Como está escrito: Por amor a ti somos entregues à morte o dia todo, fomos considerados como ovelhas para o matadouro.” ( Rm. 8.36 )

O Adorador deve entender que obstáculos existem e sempre existirão e que eles servirão para nos aperfeiçoarmos nosso Espírito dando-nos a capacidade de Compreender o reino de Deus para nos adequarmos à Sua morada Eterna.

O Adorador é chamado à presença do Pai e este só espera dele a sua real entrega.

“Mas a hora vem, e já chegou, quando os verdadeiros adoradores adorarão ao Pai em espírito e em verdade; porque são estes que o Pai procura para seus adoradores.” ( Jo.4.23 )

Lembre-se...

O mais importante passo para a adoração é o arrependimento que te conduz à sua real natureza, logo, chegar-se a Deus só será possível mediante a sua Entrega.

Resumo sobre... Louvor & Adoração.
Louvor – Agradecimento a Deus pelas Obras .

Adoração – Agradecimento a Deus por sua Vida.

Para que ambas aconteçam é preciso estar em comunhão com Deus, confiando sua vida em Suas mãos; Só então será possível ocorrer sua entrega total como um sacrifício em reconhecimento à

Sua Misericórdia e Graça manifestada a todos nós.

Louvado e adorado sejam para sempre ao Senhor, Aleluia!